A história da Páscoa

A Páscoa está chegando e, como sempre, fui fazer minha pesquisa para saber qual a origem de toda a simbologia envolvida nesta data. A palavra Páscoa tem origem hebraica e significa passagem, a data é um dos eventos cristãos mais importantes pois celebra a ressurreição de Cristo.

Mas você deve estar se perguntando de onde vieram os símbolos da Páscoa. Qual a razão para tantos coelhos e ovos que aparecem nessa época do ano?

Os ovos de Páscoa

De todos os símbolos, o ovo de páscoa é o mais esperado pelas crianças e adultos. Nas culturas pagãs, o ovo era a representação do começo da vida. Presentear os amigos com ovos era sinal de boa sorte e os chineses distribuíam ovos pintados na primavera, celebrando a renovação da vida. Os cristãos foram os primeiros a dar ovos cozidos e pintados na Páscoa para simbolizar a ressurreição, o nascimento para uma nova vida e era comum nos países da Europa que os ovos fossem decorados com figuras religiosas, mensagens e datas. Com o surgimento da indústria do chocolate, os ovos pintados passaram a ser substituídos pela versão que conhecemos bem até hoje.

O coelho da Páscoa

O coelho o coelho tornou-se o símbolo mais popular da Páscoa por ser um símbolo de fertilidade e renovação da vida. A tradição do Coelhinho da Páscoa foi trazida para a América por imigrantes alemães. Há uma lenda que diz que uma mulher pobre coloriu alguns ovos de galinha e os escondeu para dá-los a seus filhos como presente de Páscoa. Quando as crianças encontraram os ovos, viram um coelho correndo e espalhou-se, então, a história de que o coelho havia trazido os ovos.

Agora que você já sabe um pouco da história da Páscoa, é hora de conhecer o que estou preparando para a Páscoa! Ao longo desta semana vamos mostrar as opções de presentes e as promoções que estamos preparando…

Abraços,
Senhor Brigadeiro